top of page

#TBT JOGA Fund II 2023

Fora da sala de aula nossos alunos aprenderam o que nenhum livro sozinho pode ensinar


Quem conhece o trabalho que o nosso colégio desenvolve há 44 anos sabe o quanto valorizamos que o conteúdo seja ensinado de forma relevante e eficaz, possibilitando que nossos alunos transitem e se identifiquem com as diferentes áreas do conhecimento. No entanto, há ensinamentos que só a vivência e a humanidade presente em cada um de nós são capazes de ensinar.


A professora de Língua Portuguesa Isabella Fùmo, que também é coordenadora de Linguagens, foi nossa ex-aluna e desde a época em que estudou no GA sempre amou o JOGA, não só pelos esportes, mas pelos momentos de troca e por tudo o que aprendeu. Ela se gaba (e com razão) por nunca ter perdido uma abertura sequer, fosse como aluna ou como professora, junto das turmas que coordenou.


Apesar de não ter seguido pela área da Educação Física, a prô Isa sempre foi muito criativa e via no processo de criação da abertura do JOGA uma possibilidade de externar toda essa criatividade. Ou seja, um evento que seria dedicado exclusivamente aos esportes, abria um novo leque de possibilidades.


Opa! Calma aí, você é novo por aqui?


Para quem é novo por aqui e ainda não está entendendo do que se trata o JOGA e a tal abertura, vamos explicar. Os Jogos Olímpicos do Guilherme de Almeida (JOGA), são, na verdade, um evento poliesportivo, no qual os alunos disputam diferentes modalidades, sendo elas: vôlei, futsal, handball, basquete, queimada (para os 6º e 7º anos), natação, tênis de mesa, xadrez, damas e dança.


Antes de começarem os jogos, porém, os alunos realizam uma abertura com um tema previamente sorteado. Nessa abertura, eles criam um roteiro e apresentam para o público por meio de encenações, esculturas e muita criatividade tudo o que aprenderam em suas pesquisas.


A abertura também é avaliada e muitas vezes é quem decide qual é a turma campeã do ano vigente. Conseguiram entender o porquê de a professora Isabella se empenhar tanto na abertura? Pois é. Mas além da professora, todos os nossos outros ex-alunos também saem com essas lembranças do JOGA em seus corações.


A seguir, leiam na íntegra um texto escrito pela professora Isabella a respeito desses dias de JOGA.


Dias diferentes!

Fora da sala de aula, calor intenso, gritos da torcida, camisetas coloridas, espírito de equipe e muita vontade de ganhar.

Dedicação e garra!

E qual o verdadeiro prêmio?

Fazer mais pontos no handebol? Ser o artilheiro no futsal ou ter a abertura mais bonita? Acertar mais vezes a bola no pebolim ou ter a dança mais sincronizada?

Tudo isso é muito importante, claro!

Afinal, as habilidades esportivas protagonizaram nossas manhãs durante esses dias.

Mas arrisco-me a dizer que as memórias vividas, as emoções e cada momento compartilhado formam o verdadeiro tesouro em nossas jornadas.

Espero que guardem com carinho cada sorriso e lágrima desses dias. Lembrem-se de que só vale a pena se for divertido e leve.

Há aprendizagem em TUDO!

Parabéns pelo empenho e dedicação de todos vocês!

Sou uma professora MUITO orgulhosa de cada um dos meus alunos, cada um com sua habilidade e seu jeito ímpar faz a diferença.

Parabéns, queridos alunos.

Obrigada pela parceria, famílias.

Somos campeões!


Abraços,

Prô Isa


Os desafios não param e as memórias ficam para sempre


Por trás de grandes eventos há sempre grandes tarefas e desafios. O JOGA 2023 só foi possível devido ao empenho da nossa equipe de Educação Física, sobretudo a professora Natália Garcia, que cuidou dos detalhes como um maestro cuida de uma orquestra. Parabéns a todos os envolvidos.




Aproveitamos para convidar todos os nossos ex-alunos para participarem do JOGA EX-ALUNOS, que acontecerá no dia 11 de novembro, sábado, a partir das 9h.










Confiram agora alguns cliques da edição 2023 do JOGA FUND II.




118 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

Comments


bottom of page